FEAB Também Está com Chávez

Por que apoiar Chávez?

No próximo dia 7 de outubro, acontecem eleições presidenciais na Venezuela. As pesquisas de opinião indicam uma vantagem para o companheiro Hugo Chávez, atual presidente, o que o levaria à vitória.

Entretanto, já prevendo essa vitória, a oposição de direita está se preparando para contestar a validade das eleições e do Conselho Nacional Eleitoral, órgão responsável pelo pleito.

O Brasil tem um papel político importante nessa disputa, uma vez que se observa nos meios de comunicação de massa uma articulação da direita venezuelana e brasileira para impedir a continuidade e aprofundamento da Revolução Bolivariana.

Diante desse quadro, partidos políticos, organizações sindicais, movimentos sociais e entidades estudantis estão preocupados em se organizar, em vários países, para desenvolver atividades de solidariedade mundial à Revolução Bolivariana e ao Presidente Hugo Chávez.

Durante o XVIII Encontro del Foro de São Paulo, por exemplo, foi aprovada uma resolução sobre a Venezuela, que sugere a constituição de um comitê unitário para organizar uma campanha internacional de apoio à reeleição do presidente Chávez.

É por isso que estamos juntos nesta Campanha Brasil está com Chávez. Junte-se a nós!

Fonte: http://brasilcomchavez.wordpress.com/

Mains Informações nos Links:

http://brasilcomchavez.wordpress.com

http://www.brasildefato.com.br/node/10415 – Campanha Brasil com Chávez:

Modelo econômico venezuelano combina socialismo e mercado

Estratégia de Chávez coloca o Estado como principal instrumento do desenvolvimento econômico, mas abre espaço para alianças com o capital privado e o empreendedorismo

Chávez faz da integração sul-americana o núcleo de sua política internacional

Adesão ao Mercosul, desde sua primeira eleição, foi traçada como objetivo prioritário para presidente venezuelano

Reforma agrária é aposta para independência alimentar na Venezuela

O país, no final do século XIX, chegou a ser o terceiro exportador mundial de café

Chávez alerta venezuelanos para uso político do acidente em refinaria

Até agora, governo venezuelano confirmou 39 mortos em decorrência da explosão da refinaria de Amuay, na madrugada de sábado (25) no país; peritos investigam a possibilidade de vazamento de gás propano

País menos desigual da América do Sul, Venezuela é cenário de forte confrontação política

Fenômeno acontece apesar da redução da diferença de renda e da manutenção do padrão de consumo dos mais ricos

Base chavista se concentra entre os mais pobres

Políticas sociais, geração de emprego e distribuição de renda tiraram da miséria quase nove milhões de venezuelanos

Classe média mistura ódio e dúvida contra Chávez

Embate entre os ricos e o governo aparece como disputa central da política venezuelana

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s