FEAB faz Chamada Nacional para Paralisações e Lutas, 10 de novembro de 2017.

FEAB faz Chamada Nacional para Paralisações e Lutas, 10 de novembro de 2017.

No congresso Nacional da CSP-Conlutas que aconteceu na cidade de Sumaré (SP), no mês de outubro, foi aprovada a construção de lutas e paralizações nacionais no dia 10 de novembro por mais de 2.200 pessoas, entre delegados(as), observadores e convidados.

Desde então as centrais sindicais preparam protestos, greves e lutas um dia antes de entrar em vigor a Reforma Trabalhista (11/11), que é um dos maiores ataques aos direitos da classe trabalhadora na história do Brasil. O objetivo das lutas e greves nesse dia também, é mobilizar os trabalhadores em torno da reforma da Previdência, que ainda está em tramitação no Congresso Nacional.

10 de novembro_Paralização_NacionalA conjuntura nacional é de profunda instabilidade política, e nesse cenário o governo ilegítimo aplica vários planos de ataques à classe trabalhadora. Sancionada em julho de 2017, a Reforma trabalhista entra em vigor dia 11 de novembro e traz em si a mudança direta em 100 artigos da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT e entre elas estão: terceirização, acordo sobre o legislado, imposto sindical, parcelamento de férias, jornada, intervalo, horas in itinere, gestantes e lactantes em relação a insalubridade e demissão em acordo.

Vamos falar de previdência. A PEC 287/2016, também conhecida como a PEC da Reforma da Previdência em síntese altera os requisitos atuais para a obtenção da aposentadoria, bem como de diversos benefícios previdenciários. Uma das alterações é que para obter aposentadoria integral o trabalhador no Brasil deva ficar exercendo suas atividades até os 65 anos de idade e que tenha 49 anos de contribuição com a previdência. A maior controvérsia sobre a Reforma da Previdência Social está diretamente ligada ao argumento do governo sobre o provável déficit nas contas da previdência.

A Federação de Estudantes de Agronomia do Brasil convoca todas/os militantes para somar força com as centrais sindicais, no dia 10 de Novembro, em suas localidades, travando uma luta permanente contra o governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB), que faz profundos ataques a estrutura básica da sociedade.

FEAB faz Chamada Nacional para Paralizações e Lutas, 10 de novembro de 2017.

Viver a luta, para construir a história!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s